terça-feira, 7 de outubro de 2008

Quero-vos aqui, ao lado!

Quero-vos aqui! JÁ!


Tu! Sim tu, que és coração do meu coração, que vivias no 24, que abrias a janela do R/c em dias de pleno inverno, vestida com uma blusa de malha fina de decote brutal, por onde saia dele, rasgando a doer um soutien violado por dois rolos de meias que chumaçavam a esculpir os seios falsos de menina miúda, com pretensões a mulher graúda! Porquê? Porque vives agora longe do 16? Mudaste para essa pequena cidade Alemã!? “Hoje não vou à escola, estou doente!”...pois…


E tu? Sim, sim tu! Também tu… que és sentir do meu sentir, que partilhavas o mesmo número que eu (bolas, esse não tinha número!), mas sim, o mesmo edifício, que usavas camisas de colarinho ruçado e cabelos médios encaracolados e agora queres é voos altos, e queres é vista alta, vista de cidade, vista urbana rio e desocupaste os mares da costa e os aromas a maresia! Porquê? Porque vives agora longe do edifício? E vives longe do 16? Mudaste para um terço de aeronave, dois terços de cosmopolita Barcelonês e quatro terços de alfacinha!? “Hoje não estou amiga, estou em Barça!” … pois…

Sinto a vossa falta!
Quero-vos aqui! JÁ! …Pelo menos no nº 18!

5 comentários:

keep boppin´ marcel disse...

....e olha ás vezes näo vou aqui ou ali nao fa,co isto ou aquilo porque SIMPLESMENTE näo me apetece!!
näo querooooooooooo
e é mesmo bom fazer só o que nos apetece!!!

"Picos" disse...

Mana és tu! E eu reconheço-te assim! Está-te na pele como um perfume original... e é mesmo tão bom fazer só o que nos apetece!!!!!
Saudades de nós!

Gaugamela disse...

Chegaste-me aos olhos de cabeça laranja...parecias uma pub a um sumo qualquer carregadinho de vitamina C...

Em pouco tempo já eras um espelhinho vivo e dizias-me "Amigo, olha para mim e diz-me se gostas de ti!"

O reflexo era baço e tu eras um espelho muito puro, muito polido...

E tanta poeira se soltou nessa viragem do século, soltei de mim os anos 90 que não tinha vivido, onde me esquecera de ser EU...

Foram as Areias, aquelas que chamam de Brancas, que num dia tórrido de calor desfeito em espuma de ondas, daqueles que limpam uma vida inteira, nos viram nuinhos e felizes como nunca antes tinham visto dois seres...

Disseram as Areias que íamos pisar um trilho juntos... E eu segui a tua cabeça laranja, já a rir-me dos colarinhos ruçados que se perdiam no passado, a querer muito fazer o trilho ao teu lado...

Uf... Outro século já passou, não? Sim, sim, nem tu já te passeias em vitamina C e eu já olho para ti e vejo-me BRILHAR E SORRIR!

"Picos" disse...

Meu gigante e bom amigo, és tu! É de vir as lágrimas aos olhos de tão gracioso te ler… as tuas palavras, as tuas frases são tão surrealistamente profundas e belas.
Tocou muito, mesmo muito lá no fundo do meu ser, vi o nosso passado, presente e futuro cinematográfico, sim porque somos umas verdadeiras stars, umas relíquias de baú, ou melhor, uns REAIS cromos de personagens B.D! Caraças, mais este nosso sentido emotivo! … mas no fundo seremos sempre FELIZES!!!

keep boppin´ marcel disse...

A amizade é linda!!!

Enquanto dura....hi hi hi!!!!